Casos de sintomas respiratórios e Covid afetam rotina de repartições públicas


Back to Blog

Casos de sintomas respiratórios e Covid afetam rotina de repartições públicas

Algumas administrações têm conseguido manter todas as unidades em funcionamento, contudo, intensificaram as medidas de higiene e prevenção contra o vírus

Com o avanço da Covid-19 na região de Presidente Prudente, algumas prefeituras precisaram suspender o atendimento em secretarias municipais, unidades de saúde ou outras repartições públicas devido a confirmações da doença ou de casos de sintomas respiratórios entre funcionários. Por outro lado, algumas administrações têm conseguido manter todas as unidades em funcionamento, contudo, intensificaram as medidas de higiene e prevenção contra o vírus.  
Recentemente, a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) de Presidente Prudente suspendeu a vacinação contra a Covid-19 na UBS (Unidade Básica de Saúde) do Ana Jacinta e na ESF (Estratégia Saúde da Família) do Jardim Leonor, devido à redução significativa de funcionários afastados por apresentarem sintomas respiratórios.
Em nota encaminhada a O Imparcial nesta terça-feira, a Prefeitura de Prudente informou que a população próxima da UBS do Ana Jacinta deve recorrer à UBS do Jardim Villa Real, ao lado da Fundação Inova Prudente. Moradores da região da ESF do Jardim Leonor podem buscar pela ESF do Jardim Humberto Salvador. 
Esta não é a primeira vez que o município suspende atendimento de saúde devido aos reflexos da pandemia no município. Após funcionários serem diagnosticados com Covid-19 no Centro de Apoio e Testagem do Jardim Santana, a Prefeitura precisou interromper o atendimento para novas coletas de exames na terça-feira, 18 de janeiro. A decisão, segundo o Executivo, ocorreu diante da falta de funcionários.
À época, a Prefeitura ressaltou que havia 170 funcionários da Secretaria Municipal de Saúde afastados por sintomas respiratórios, o que invariavelmente afetava a rotina dos serviços. “A administração da pasta não tem medido esforços para manter as unidades abertas, inclusive deslocando profissionais que atuam em setores administrativos para auxiliar na assistência direta aos pacientes e tentar suprir a baixa substancial no número de servidores disponíveis”, ressaltou.

VENCESLAU

Em Presidente Venceslau, recentemente casos de Covid-19 foram registrados em funcionários dos ESFs (Estratégias de Saúde da Família) da Vila Vicentina e do Jardim Eldorado. Na primeira unidade, o prédio permaneceu fechado na sexta-feira, 14 de janeiro, para desinfecção e os funcionários positivados permaneceram em isolamento. O mesmo ocorreu na segunda unidade durante a semana passada, na manhã do dia 21.
O setor administrativo da Seaama (Secretaria Municipal de Agricultura, Abastecimento e Meio Ambiente) de Presidente Venceslau também permaneceu fechado nesta semana após funcionárias do local terem testado positivo para a Covid-19. O atendimento, no entanto, voltou ao normal nesta quinta-feira.
Além dos departamentos citados, profissionais que atuam no setor de Vigilância Epidemiológica da cidade também testaram positivo para o novo coronavírus nesta semana e, em razão do quadro, os boletins epidemiológicos diários não estão sendo publicados momentaneamente. A Prefeitura de Presidente Venceslau ressalta que os funcionários que testam positivo ou apresentam suspeita do novo coronavírus são encaminhados ao isolamento domiciliar e, em caso de detecção de positivados nos setores, as áreas passam por desinfecção.

MIRANTE

O presidente do Comitê de Combate à Covid-19 de Mirante do Paranapanema, Vinícius da Fonseca Pinheiro, explica que, no município, não houve suspensão de atendimento em nenhuma secretaria municipal. “Intensificamos as medidas de higiene dos locais de atendimento e reforçamos as orientações para uso de máscara e distanciamento social nas repartições públicas”.

NARANDIBA

A Prefeitura de Narandiba também não teve reflexos da pandemia nas repartições. “O Executivo, em parceria com a Coordenadoria de Saúde, está realizando plantões de atendimentos aos sábados para intensificar a testagem. Esses atendimentos são exclusivos para pacientes com sintomas respiratório. Ao todo, mais de 30% da população foi atendida nos plantões”, declarou.

EPITÁCIO

 Em Presidente Epitácio, a administração informou que não há nenhuma secretaria ou unidade de saúde fechada devido à confirmação de casos de Covid-19 em colaboradores. “Há algumas semanas funcionários de um departamento testaram positivo para o novo coronavírus, mas a repartição não chegou a fechar, pois restaram alguns colaboradores que não haviam se contaminado”. Na cidade, há oito funcionários afastados por Covid-19. 

REGENTE

Em Regente Feijó, a Prefeitura informou que não efetuou o fechamento de setores públicos. “Os funcionários que se encontram de atestados estão sendo substituídos pelos colegas de trabalho com a mesma função”, detalhou o Executivo por meio de nota. “Um ponto positivo é que as escolas e creches do município estão fechadas neste período de férias. As aulas retornarão dia 7 de fevereiro, e esperamos que não seja necessário o fechamento em nenhuma delas”
A administração de Regente Feijó acrescenta ainda que, desde terça-feira, 25 de janeiro, tem registrado uma “queda” da procura de pacientes com sintomas respiratórios na UBS (Unidade Básica de Saúde) da Fepasa, onde é feita a triagem de consultas e a realização de testes rápidos. 

RANCHARIA

Em Rancharia também que não ocorreu o fechamento de repartições públicas. Em nota, a administração informou que todas as unidades de saúde são dedetizadas uma vez na semana. Tal ação também tem sido feita nas praças públicas, e, em decorrência do aumento de casos, será feita no Paço Municipal (prédio da Prefeitura). “Vale ressaltar que o vírus não permanece por muito tempo em superfícies, portanto, a medida foi adotada de momento somente no prédio da Prefeitura, que é maior e concentra o maior número de funcionários, e nas unidades de saúde”, detalhou o Executivo.
Até o fechamento desta edição, em Rancharia haviam 82 servidores públicos afastados para cumprirem o isolamento da Covid-19. No município, segundo a administração, a partir do momento que um funcionário testa positivo, ele é imediatamente afastado, coloca a pulseira de isolamento e leva as pulseiras para todos que residem na mesma casa. Os demais funcionários que tiveram contato com o positivado são acompanhados de perto pela equipe da saúde, e, caso apresentem sintomas, são testados. “Importante observar que Rancharia adotou o teste antígeno, resultado que sai rápido e com maior confiabilidade”.

SANDOVALINA

A mesma situação foi narrada pela Prefeitura de Sandovalina, que, inclusive, reforça que não fechou o Centro de Covid-19. “Os atendimentos permaneceram da mesma forma, já prevendo esse aumento dos casos em virtude das festividades”.

ANASTÁCIO

A Prefeitura de Santo Anastácio, por sua vez, informou que não tem nenhum departamento público municipal fechado em decorrência da Covid-19 ou de casos de sintomas respiratórios entre funcionários. “Temos funcionários infectados cumprindo o isolamento. Contudo, nem todos são do mesmo departamento, portanto, não houve necessidade de fechar repartições”, explica. “Na cidade, a desinfecção está sendo feita desde o ano passado ininterruptamente. No Paço Municipal, todos os dias é feita a desinfecção, assim como em todos os postos de saúde”, acrescenta. 

TEODORO

Em Teodoro Sampaio, o secretário de Saúde, Sergio Chiari, informa que a administração tem conseguido manter todas as unidades em funcionamento. “Sempre uma dá suporte à outra quando necessário”.
Esta produção levou em consideração os municípios onde o jornal O Imparcial circula. A reportagem entrou em contato com outras cidades, contudo, não recebeu um posicionamento até o fechamento desta edição.

Fonte: O Imparcial

VEJA TAMBÉM

Share this post

Back to Blog