Travesti é encontrada morta com marcas de violência em local conhecido como ponto de prostituição em Presidente Prudente

Travesti é encontrada morta com marcas de violência em local conhecido como ponto de prostituição em Presidente Prudente

O corpo de uma travesti foi encontrado na tarde deste sábado (19) com marcas de violência próximo a um córrego no Jardim Campo Belo, em Presidente Prudente (SP).

A Polícia Civil trata o caso como homicídio qualificado.

O local onde o corpo foi encontrado é conhecido como um ponto de prostituição de travestis, segundo a polícia.

Os policiais militares foram acionados para o atendimento da ocorrência e quando chegaram ao local depararam-se com a vítima seminua e com vários ferimentos na cabeça, no pescoço e no peito.

De acordo com as informações do Boletim de Ocorrência registrado na Delegacia Participativa, a aparência era de que as lesões haviam sido causadas por um objeto pontiagudo.

No entanto, não foi possível aferir a quantidade de ferimentos em razão da presença de sangue impregnado no local das lesões.

A Polícia Científica foi acionada para periciar o local e a Polícia Civil também esteve na área para dar início às investigações sobre o caso.

Ainda no local, os policiais tiveram contato com alguns homossexuais que conheciam a vítima, mas não souberam informar o que de fato havia acontecido, tampouco os dados de qualificação civil da travesti.

Segundo o Boletim de Ocorrência, os homossexuais apenas relataram aos policiais o primeiro nome da travesti e que ela tinha vindo do Estado de Santa Catarina para Presidente Prudente.

Diligências policiais foram deflagradas para a identificação e a responsabilização dos eventuais autores do crime.

A Polícia Civil também requisitou exame necroscópico sobre o corpo da vítima.

O caso segue em investigação.

Por G1 Presidente Prudente

Fonte G1.

Compartilhe esta postagem

Comentário (1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *