Festival da Reforma Agrária celebra 5 anos com apresentações culturais e venda de produtos agroecológicos


Voltar para Blog

Festival da Reforma Agrária celebra 5 anos com apresentações culturais e venda de produtos agroecológicos

Evento é neste sábado (6), a partir das 9h, no Galpão da Lua, em Presidente Prudente (SP). Programação também ocorrerá no dia 20.

Para festejar o aniversário de cinco anos do projeto, neste sábado (6) e no dia 20 de agosto será realizado, em Presidente Prudente (SP), o “Festival da Reforma Agrária: em defesa da democracia”. O evento tem início às 9h, no Galpão da Lua.

A programação começa com a tradicional feira de produtos agroecológicos frescos e a preços justos. Haverá ainda a comercialização de artesanatos produzidos por pessoas parceiras da região.

Já a partir das 14h, o público poderá conferir diversas apresentações culturais com grupos regionais, que garantirão muita arte e música boa. A festa vai até as 21h.

O Galpão da Luz está localizado na Rua Júlio Tiezzi, nº 130, no Centro.

As atrações culturais que já confirmaram presença são: Grupo Taquitá, Histórias da Nana, Artur Zola & Valdir Riqueti (part. especial João de Deus), Rodolfo Minari, Terra Sonida, Rosa dos Ventos, Samba de Roda com os Angoleiros do Sertão e Dindi + Levelbeat.

No dia 20 de agosto, a Feira acontece na Paróquia São Lucas, no Parque Shiraiwa, das 9h às 13h.

Sobre a Feira

Em agosto a Feira da Reforma Agrária completa cinco anos de existência e resistência, comprometidos com a comercialização de alimentos produzidos pelas trabalhadoras e trabalhadores do campo por meio da agricultura familiar. São produtos sem uso de agrotóxicos, que geram renda para as famílias assentadas e garantem um alimento fresco e sadio para as famílias da cidade.

Além dos alimentos agroecológicos, há a comercialização de uma série de outros produtos vinculados ao projeto da reforma agrária e à produção artesanal desenvolvida por companheiras e companheiros da cidade.

A Feira da Reforma Agrária de Presidente Prudente surgiu em 2017 por uma iniciativa do Galpão da Lua em parceria com os assentados do Pontal do Paranapanema. Com o passar dos anos, a Feira se tornou uma ação popular do campo e da cidade, que reúne, mensalmente, os companheiros e as companheiras que partilham desta luta. Mulheres e homens que acreditam na agroecologia, na reforma agrária, na cultura popular e, se dedicam cotidianamente para tornar o mundo mais justo e igualitário.

Fonte: G1

Compartilhe esta postagem

Voltar para Blog