Amigo/irmão de Samuel Damasceno faz uma bela homenagem ao músico que partiu de maneira tão repentina

Amigo/irmão de Samuel Damasceno faz uma bela homenagem ao músico que partiu de maneira tão repentina

Essa quarta-feira, 16 de junho de 2021, amanheceu mais triste em Santo Anastácio, de maneira precoce e inesperada a Covid-19 “tirou” na noite de ontem (15), a vida do cantor de Samba e Pagode, Samuel Damasceno de Santo Anastácio.

A notícia pegou todos de surpresa e as redes sociais ficaram repletas de pesar pela perda do vocalista do Grupo de Samba ‘ZERO 18’ de apenas 38 anos.

“Samuca” como era conhecido pelos amigos, não teve direito a um velório, o que deixa a situação ainda mais estarrecedora, assim como muitos falecidos nestes dois últimos anos por complicações ocasionados pelo vírus corona. O rapaz foi sepultado às 11h00 desta quarta-feira.

Procurado pelo No fato para dizer algumas palavras em homenagem ao amigo, o vocalista do Grupo de Samba e Pagode ‘Soul do Samba’, de Presidente Prudente, Edu Neves, não conteve a emoção ao tentar descrever o amigo que se tornou um irmão durante os anos que integrou a formação musical.

“Conheci o Samuel em 2017 em uma festa em que tocamos juntos, antes de conhecê-lo já havia escutado falar sobre ele,  sua voz era única e se destacava de qualquer outra. No ano de 2018 fizemos o convite para fazer parte do Grupo ‘Soul do Samba’, onde a presença dele foi muito importante naquele momento,  pois com o seu carisma e sua bela voz o Grupo cresceu muito e conquistou um grande espaço em nossa região.  
Samuel era sempre muito alegre, sua simpatia e alegria contagiava qualquer um,  eu sempre dizia pra ele ” eu sou seu fã,  além de ser amigo “.
A formação do nosso grupo na época era de 6 integrantes: Lucas Neves, Anderson Pereira, Augusto Neves, Samuel Almeida, Edu Neves e Joílson Andrade.
Samuel tinha uma ligação muito forte com seu irmão Paulo, era muito lindo ver o carinho entre eles, o mesmo se notava quando ele estava na presença de sua filha, quando os ensaios eram realizados na residência dele. No ano de 2019 ele decidiu seguir outro caminho buscando um espaço melhor para ele, a aliança com o grupo foi desfeita mas a amizade não, sempre quando o grupo se apresentava em algum evento e ele estava presente, subia no palco para cantar com a gente, ele sempre dizia ” a satisfação era dele em poder dividir o palco com o grupo Soul do Samba “.
Em junho de 2020 meu irmão faleceu, ele foi a primeira pessoa a me ligar, chorando e dizendo que não estava acreditando no que estava acontecendo…
E hoje… há exatamente, 1 ano e 3 dias, recebo a triste notícia que ele partiu e dessa vez eu quem fiquei sem acreditar no que está acontecendo”,

Edu Neves.

Acompanhe alguns momentos dos amigos em horas de trabalho e descontração. Fotos enviadas pelos amigo do cantor, Edu neves:

Compartilhe esta postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *