Visitantes são flagradas tentando transportar celulares e componentes eletrônicos dos aparelhos para penitenciárias do Oeste Paulista


Voltar para Blog

Visitantes são flagradas tentando transportar celulares e componentes eletrônicos dos aparelhos para penitenciárias do Oeste Paulista

Objetos foram encontrados por policiais penais durante revista corporal através de scanner, nestes sábado (25) e domingo (26), em Irapuru (SP) e Presidente Venceslau (SP).

Duas mulheres foram flagradas tentando transportar celulares e componentes eletrônicos dos aparelhos para dentro das penitenciárias de Irapuru (SP) e Presidente Venceslau (SP), neste fim de semana. Elas foram suspensas do rol de visitas.

Os objetos foram flagrados por agentes penais durante revista corporal através do aparelho scanner.

Penitenciária de Irapuru

Neste sábado (25), a equipe visualizou uma imagem suspeita na região da cintura de uma visitante durante o procedimento de revista corporal.

Ao ser questionada, a mulher negou estar trazendo algo ilícito. Ela, então, foi conduzida à Santa Casa de Junqueirópolis (SP) e, após a realização de uma radiografia, foi confirmada a presença de um objeto escondido na genitália da mulher.

Ela entregou a embalagem contendo dois celulares e dois chips. Diante dos fatos, a visitante foi suspensa do rol de visitas e os materiais ficaram à disposição da autoridade policial.

O sentenciado foi conduzido preventivamente ao Pavilhão Disciplinar, onde responderá a um procedimento instaurado para averiguação de possível cumplicidade.

Penitenciária 2 de Presidente Venceslau

Já no domingo (26), uma mulher foi flagrada tentando entrar na unidade prisional com um invólucro contendo componentes de celular escondidos em seu corpo.

Após a visualização de imagem suspeita, a mulher negou estar portando algo ilícito, porém, foi conduzida à Santa Casa da cidade e, ao chegar na unidade de saúde, antes da realização do exame, confessou portar materiais proibidos.

Em um local reservado, ela retirou o invólucro e entregou às agentes. A visitante e os objetos foram encaminhados à delegacia da cidade.

A mulher foi suspensa do rol de visitas e o sentenciado foi conduzido preventivamente ao Pavilhão Disciplinar, onde responderá a um procedimento para apurar a possível cumplicidade.

Fonte: G1

Compartilhar esta postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar para Blog

APOIADO POR: