Temporal provoca estragos e deixa ao menos 7 mortos no Vale do Itajaí (SC)


Voltar para Blog

Temporal provoca estragos e deixa ao menos 7 mortos no Vale do Itajaí (SC)

Um temporal que atingiu a região do Vale do Itajaí, em Santa Catarina, causou a morte de, pelo menos, sete pessoas na madrugada de hoje, segundo informações da Defesa Civil do Estado. Cerca de 20 pessoas estão desaparecidas, de acordo com o Corpo de Bombeiros. A cidade mais afetada foi Presidente Getúlio, onde houve seis mortes. A cidade registrou chuva de 125 milímetros em um período de seis horas. Uma morte também foi relatada em Ibirama.
Anteriormente, a Defesa Civil havia informado a morte de dez pessoas em Presidente Getúlio —elevando o número total a 11—, porém atualizou a informação com a confirmação de seis mortes na cidade.
Imagens publicadas nas redes sociais mostram enxurradas e alagamentos nas ruas de Presidente Getúlio. Carros foram arrastados e invadiram casas e lojas. Uma ponte que passa sobre o Rio Ferro ficou destruída por causa da força da água.
A cidade, que fica no Alto Vale do Itajaí, está sem energia elétrica e com problemas no sinal de telefonia. Em Ibirama casas foram levadas pela força das águas e abrigos foram abertos para a população. O rompimento de um lago atingiu algumas casas provocando danos matérias e alagamentos pontuais em Aurora. Até o momento 15 famílias estão desabrigadas em virtude de cheia causada por um afluente do Itajaí Açu. A chuva também provocou estragos e deixou desalojados em municípios da Grande Florianópolis. Os levantamentos continuam sendo realizados nas cidades atingidas.

20 desaparecidos

Em entrevista ao canal GloboNews, o coronel Charles Alexandre Vieira, do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina, afirmou que cerca de 20 pessoas estão desaparecidas em Presidente Getúlio. De acordo com ele, essas pessoas moravam na encosta de um córrego e tiveram suas casas arrastadas pela enxurrada. Equipes de resgate fazem buscas por possíveis sobreviventes ou pelos corpos, informou. “Ainda não temos detalhes sobre os desaparecidos. Esperamos ter mais informações ainda na tarde de hoje”, disse Viera. Ele afirmou ainda que a situação na cidade é de alerta, pois há previsão de mais chuva hoje e o solo encharcado pode provocar novos deslizamentos e alagamentos.

Trabalho de resgate segue pela manhã

Equipes da Defesa Civil Estadual, da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar atuam desde a madrugada no resgate e levantamento de perdas. O governo de Santa Catarina determinou que o grupo de resposta de Rio do Sul apoie os trabalhos dos Bombeiros Voluntários na região. Também foi determinado o deslocamento de aeronaves do grupo aéreo dos Bombeiros para atuar nos resgates. “O momento é de solidariedade com todas as vítimas. Estamos trabalhando desde as primeiras horas e nossas equipes já estão no local para levar auxílio para aqueles que foram atingidos em Santa Catarina. A situação ainda é de cautela com novos temporais, por isso é importante que a população se mantenha atenta aos alertas da Defesa Civil”, afirmou o governador Carlos Moisés (PSL).

Fonte: UOL

Compartilhe esta postagem

Voltar para Blog