Suspeito de atear fogo em motocicleta de ex-namorada é preso por descumprimento de medida protetiva, em Teodoro Sampaio


Voltar para Blog

Suspeito de atear fogo em motocicleta de ex-namorada é preso por descumprimento de medida protetiva, em Teodoro Sampaio

Advogado de defesa do investigado nega relação entre o incêndio e seu cliente e alega que “não houve descumprimento de medida protetiva” por parte do suspeito, de 23 anos.

A Polícia Civil prendeu preventivamente, na tarde desta quinta-feira (23), o suspeito de atear fogo na motocicleta da ex-namorada por descumprimento de medida protetiva, em Teodoro Sampaio (SP).

O homem, de 23 anos, compareceu à Delegacia da Polícia Civil, acompanhado de um advogado e, de acordo com o delegado responsável pelas investigações, Edmar Rogério Dias Caparroz, “enquanto estava sendo ouvido, a Justiça acolheu a representação policial e decretou a prisão preventiva”.

O descumprimento da medida protetiva teria acontecido anteriormente à ocorrência de incêndio da moto registrada nesta quarta-feira (22), na Vila Minas Gerais, em Teodoro Sampaio.

Ao g1, o advogado de defesa do investigado, Luiz Cláudio Ubida de Souza, informou nesta quinta-feira (23) que “no inquérito, não consta nada que atribua o incêndio a ele” e que “não houve descumprimento [da medida protetiva] por parte do suspeito”.

“Existe uma medida protetiva a favor da ex-namorada dele e, por conta de algumas imagens que mostram ele próximo dela, em um determinado dia, foi decretada a prisão preventiva. A gente está entrando com o pedido de revogação dessa prisão, pois ele estava neste local antes dela, ela chegou depois, e isso vai ser provado, agora, no processo. Não houve descumprimento por parte dele, ela que está vindo atrás dele, ela que forçou a situação. Em relação à motocicleta, no inquérito, não consta nada que atribua o incêndio a ele”, explicou.

A audiência de custódia do homem acontece nesta sexta-feira (24), em Teodoro Sampaio.

O crime

O rapaz é suspeito de atear fogo na motocicleta de sua ex-namorada, de 23 anos, nesta quarta-feira (22).

O delegado Edmar Rogério Dias Caparroz, responsável pelas investigações, informou que o crime aconteceu por volta das 2h, momento em que “a vítima percebeu que a motocicleta, que estava na garagem da sua residência, foi incendiada”.

“Ela desconfia que seja um ex-namorado, porque ela rompeu o relacionamento recentemente, há cerca de dois meses, e ele não aceitava a separação”, informou Caparroz.

Ainda de acordo com o delegado, “anteriormente, a mulher já havia solicitado medidas protetivas, porque ele vinha a perseguindo, insistindo para reatar o relacionamento”.

“Nós solicitamos a perícia para apurar a causa do incêndio. Temos essa questão que, em um primeiro momento, direciona a esse jovem, o ex-namorado, mas a gente está buscando outros elementos de prova para, caso se confirme, tomar as medidas de Polícia Judiciária”, acrescentou o delegado.

O delegado também informou que, nesta quinta-feira (23), a Polícia Civil realizou diligências e apreendeu fragmentos da moto, com o objetivo de “reunir outras provas técnicas que possam vincular ou afastar esse ex-namorado como autor”.

Segundo a Polícia Civil, o homem ainda poderá responder pelos crimes de ameaça e incêndio.

Fonte: G1

Compartilhar esta postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar para Blog

APOIADO POR: