Saúde informa que quem quer escolher marca de vacina contra a Covid-19 vai para o ‘fim da fila’ em Presidente Prudente


Voltar para Blog

Saúde informa que quem quer escolher marca de vacina contra a Covid-19 vai para o ‘fim da fila’ em Presidente Prudente

A coordenadora técnica de Saúde da Secretaria Municipal de Saúde de Presidente Prudente, Vânia Maria Alves Silva, informou nesta sexta-feira (2) que as pessoas que não forem vacinadas contra a Covid-19 no período de sua faixa etária só receberão a dose quando for concluída a imunização do público de 18 anos. A declaração foi dada durante entrevista ao Fronteira Notícias 1ª Edição.

Silva informou que existem pessoas que vão aos postos de saúde e querem escolher a marca da vacina a ser tomada.

“Sim, isso já está acontecendo nas unidades de saúde daqui. Infelizmente, porque com tantas pessoas querendo vacinar e ainda não chegou a sua faixa etária, isso não deveria estar ocorrendo”, explicou a coordenadora.

Vânia explicou como a Saúde Municipal vai agir mediante a essas atitudes.

“A partir de agora, quando iniciar uma nova faixa etária, nós vamos vacinar aquela faixa etária que está iniciando e aqueles que já poderiam estar imunizados, por exemplo no caso de 40 anos e mais, pessoas acima de 18 anos com comorbidades, com deficiência. Se não tomarem, elas só vão receber a dose delas quando nós terminarmos os 18 anos de idade”, afirmou Silva.

Conforme a coordenadora, os postos de saúde não estão informando os imunizantes que estão sendo aplicados.

“A orientação é para não informar. A pessoa fica sabendo no momento que ela vai receber a vacina. Então, a partir de agora, as pessoas que já deveriam estar imunizadas e não foram, elas têm esses dias para procurar a unidade, se não, elas vão receber quando nós terminarmos a faixa etária de 18 anos. Aí sim elas vão ser imunizadas, correndo o risco aí de contrair a Covid”, declarou Silva.

Ainda segundo a coordenadora de Saúde, o município não vai elaborar nenhum documento para apresentar a autoridades sobre situações envolvendo a escolha por vacinas.

“Não vamos fazer documento. Simplesmente nós não vamos atender as pessoas que já poderiam ter sido vacinadas e não foram. Nós vamos atender da faixa etária que vai iniciar, somente vacinar aquela faixa etária. Aqueles que já poderiam ter sido vacinados, volto a lembrar, só vão receber depois que nós vacinarmos a faixa etária de 18 anos”, concluiu Silva.

Por TV Fronteira

Fonte G1.

Compartilhar esta postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar para Blog

APOIADO POR: