Revólver, munições e porções de cocaína são apreendidos pela Polícia Militar em Presidente Prudente


Voltar para Blog

Revólver, munições e porções de cocaína são apreendidos pela Polícia Militar em Presidente Prudente

Flagrante teve início após uma denúncia que foi verificada por uma equipe na noite deste domingo (12). Um homem de 31 anos foi preso.

Uma arma de fogo, munições e drogas foram apreendidas pela Polícia Militar no Jardim Vale do Sol, em Presidente Prudente (SP). O flagrante, na noite deste domingo (12), ainda resultou na prisão de um homem de 31 anos, conforme o boletim de ocorrência registrado na Delegacia Participativa da Polícia Civil.

Uma denúncia indicava que o homem de 31 anos praticava o tráfico de drogas em sua residência. Então, policiais observaram o local e perceberam uma “movimentação típica de tal prática”.

Segundo consta no boletim de ocorrência, em determinado momento, a equipe percebeu que o condutor de um veículo entrou na casa e resolveram fazer a abordagem do carro. Ele era ocupado por dois rapazes, sendo o motorista de 27 anos e o passageiro, de 28 anos.

Nas buscas pessoais, foram encontrados com o motorista um pino de cocaína e R$ 1.397. Já em vistoria na residência do passageiro do veículo, os policiais localizaram mais duas porções da mesma droga.

Em seguida, a corporação também foi à casa do homem denunciado, onde localizaram o restante da droga e material para endolação, o mesmo com que estavam embaladas as drogas encontradas. Também havia uma arma de fogo – revólver de calibre 32 – e munições, que ele assumiu a propriedade.

O denunciado confessou que vende a droga há três meses, pelo valor de R$ 50 a porção, de acordo com o boletim de ocorrência.

Já o passageiro disse que pediu ao outro envolvido que comprasse a droga encontrada em sua residência para usarem juntos. O motorista acrescentou que no dia anterior à abordagem, levou a droga até o amigo, bem como a máquina de cartão do denunciado, e passou o valor da venda (R$ 110) na máquina.

“A ação confessada pelo [motorista] pode ser entendida como prática de tráfico de drogas, em tese, praticado um dia antes da abordagem que originou o presente auto, sendo que foram apreendidos objetos (máquina do cartão citada, celulares e outros) que permitirão melhor apuração do fato”, diz o boletim de ocorrência.

Na Delegacia Participativa da Polícia Civil, foi ratificada a voz de prisão do homem de 31 anos por tráfico de drogas e posse irregular de arma de fogo. Os outros dois envolvidos responderão, inicialmente, por porte de drogas para uso pessoal.

Fonte: G1

Compartilhar esta postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar para Blog

APOIADO POR: