Protetoras prestam cuidados a animais de rua neste inverno


Voltar para Blog

Protetoras prestam cuidados a animais de rua neste inverno

Entrega de cobertores e construção de casinhas de papelão são algumas das ações das voluntárias em Prudente

O inverno deste ano tem sido marcado por frentes frias rigorosas na região de Presidente Prudente. Além da população em situação de rua, quem também sofre com as quedas bruscas de temperatura são os animais sem lar. Diante deste cenário, protetoras da cidade estão se mobilizando para ajudar os animaizinhos neste período. Valéria Ribeiro e Mileide Teixeira atuam na proteção e no acolhimento de cães e gatos vítimas de maus-tratos ou em situação de rua. 
Com a chegada do inverno, a fisioterapeuta Valéria Ribeiro promove a arrecadação de cobertores para os animaizinhos. As doações são destinadas às pessoas que abrigam cães e gatos e também atuam na proteção aos animais de rua em Prudente. “Eu recebi vários cobertores, lençóis e colchas de pessoas que doam mesmo, né. Então, escolhi alguns protetores que abrigam muitos animais para fazer a doação. Também destinei cobertores para protetores que cuidam dos animais em situação de rua”, conta Valéria. 
A protetora ressalta que o trabalho de mobilização é recorrente durante todo o ano, mas que se intensifica com a chegada do inverno. “O que a gente espera é que à população no frio agora faça as doações de cobertores, lençóis e mantas às pessoas e grupos que atuam nesta causa”, pontua Valéria, que também destaca o trabalho de protetoras, como Mileide Teixeira. “O trabalho que ela desenvolve é uma sementinha para que outras pessoas também possam fazer”. 

Casinhas de papelão

No caso de Mileide, que é natural do Rio de Janeiro e vive há cinco anos em Prudente, a protetora decidiu construir algumas casinhas de papelão e distribuí-las na região da Lagoa dos Patos, na Cohab. “Sempre quis resgatar animais de rua, porque minha mãe também cuidava dos bichinhos lá no Rio de Janeiro. Tenho 13 animais aqui em casa, eu resgato, cuido e deixo alguns para adoção”, relata Mileide. Com o lar repleto dos animaizinhos, a protetora decidiu pôr em prática a ideia das casinhas. Ela já tinha relatado com Valéria a intenção de fazer esta. 
“Eu faço a casinha de papelão, ponho cobertor e cubro com um saco plástico para proteger da friagem. Coloquei, aqui perto do local onde moro, as casinhas para abrigar os animaizinhos de rua do frio junto com potinhos de água e de ração”, descreve. Ela, inclusive, recebeu alguns dos cobertores que foram arrecadados por Valéria, as duas se comunicam por meio de um grupo de protetores independentes no Whatsapp, onde há a troca de informações sobre as condições dos animais, doações e cuidados a serem oferecidos aos bichinhos. 
Mileide também propõe que a ação seja feita por mais pessoas da sociedade. “Seria muito legal se a população ajudasse com mais cobertores e também se mobilizasse para a construção destas casinhas”.  Tanto ela, quanto Valéria, reivindicam a construção de um abrigo municipal para cães e gatos abandonados e também que providências por parte do Creas (Centro de Referência Especializada de Assistência Social) de Prudente sejam tomadas para que os animais de estimação dos moradores em situação de rua sejam acolhidos, junto aos donos, no albergue da cidade.   

SERVIÇO
Para contribuir com a causa de proteção aos animais de rua em Prudente e obter mais informações sobre o trabalho desenvolvido pelas protetoras, entrar em contato, via telefone ou Whatsapp, pelos números 18 99710-6204 (Valéria) e 21 98561-2109 (Mileide).

Por: CAIO GERVAZONI Fonte: O Imparcial

Compartilhar esta postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar para Blog

APOIADO POR: