Pronto Atendimento do Jardim Santana passa a funcionar 24h a partir de sexta-feira; UPAs concentrarão casos de Covid-19


Voltar para Blog

Pronto Atendimento do Jardim Santana passa a funcionar 24h a partir de sexta-feira; UPAs concentrarão casos de Covid-19

Para viabilizar esse serviço, atividades na Unidade Básica de Saúde (UBS) serão suspensas nesta quarta-feira (14), em Presidente Prudente. Objetivo da mudança é preservar a saúde dos pacientes.

A partir desta sexta-feira (16), o Pronto Atendimento do Jardim Santana (PA Santana), em Presidente Prudente, passará a operar no sistema 24 horas para atendimento clínico de urgência e emergência a pacientes não-Covid. Para que este serviço seja viabilizado, a partir desta quarta-feira (14), os atendimentos desta Unidade Básica de Saúde (UBS) serão suspensos.

Os pacientes que são acompanhados por esta unidade, em clínica médica, pediatria e ginecologia, serão transferidos para a UBS São Pedro. Já os pacientes assistidos pela equipe de saúde mental, que inclui psiquiatria, assistência social e psicologia, passarão a ser atendidos na Estratégia de Saúde da Família (ESF) do Parque Alvorada.

As consultas que estavam agendadas para esta quarta-feira (14) já foram remanejadas, segundo a Prefeitura.

A partir de agora, os moradores que necessitarem de atendimento na zona leste podem procurar uma das sete equipes de ESF, distribuídas entre o Cambuci, Alvorada 1, Alvorada 2, Alvorada 3, São Pedro, Marcondes 1 e Marcondes 2.

Para atender a demanda, a Secretaria de Mobilidade Urbana e Cooperação em Segurança Pública (Semob) também fará adequações nas linhas de ônibus.

O atendimento do PA Santana será comandado pela cardiologista da rede municipal, Luciana Ferri, com apoio de uma equipe técnica de servidores, que foram remanejados para possibilitar esse serviço. As equipes do 192 também serão reforçadas, para melhorar o tempo de resposta.

De acordo com o secretário adjunto da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), Marco Aurélio Lúcio, a iniciativa de transformar a unidade Santana em Pronto Atendimento clínico 24 horas, tem como objetivo principal preservar a saúde dos pacientes.

“Consideramos a necessidade de separar as demandas de urgência e emergência a fim de minimizar a contaminação de pacientes não-covid”, afirmou Lúcio.

“A partir de sexta, as duas UPAs [Unidades de Pronto Atendimento] do município, Ana Jacinta e zona norte, concentrarão a assistência de casos que apresentem sintomas respiratórios. Reforçamos a orientação que os pacientes com esses sintomas procurem as UPAs, Ana Jacinta ou zona norte, ou ainda o Centro de Triagem da Covid-19, onde terão atendimento e acompanhamento adequado”, explicou o secretário adjunto.

Lúcio relatou que essa é mais uma iniciativa adotada como enfrentamento à pandemia. “Tivemos que readaptar nossos serviços, implantado e ampliando o número de leitos para o atendimento aos pacientes, principalmente aos que aguardam por uma transferência via Cross”, afirmou o secretário.

Conforme a Sesau, o atendimento de emergência não deixará de ser realizado nas UPAs, em casos excepcionais e de emergência, porém, assim que estabilizado, o paciente será transferido ao PA Santana.

O PA Santana 24h foi viabilizado pela Prefeitura, em parceria com a iniciativa privada e sociedade civil, que doaram aparelhos e insumos.

Fonte: G1

Compartilhar esta postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar para Blog

APOIADO POR: