Polícia Ambiental autua homem em quase R$ 39 mil por uso de fogo em áreas agropastoril e de preservação permanente


Back to Blog

Polícia Ambiental autua homem em quase R$ 39 mil por uso de fogo em áreas agropastoril e de preservação permanente

A Polícia Militar Ambiental multou nesta quarta-feira (25) um homem, de 47 anos, em quase R$ 39 mil por uso de fogo em área agropastoril e em Área de Preservação Permanente (APP), em um sítio, em Presidente Epitácio.

Conforme a polícia, a equipe realizou vistoria no local e verificou que o fogo atingiu uma área de 4,0865 hectares de vegetação nativa secundária em estágio pioneiro de regeneração, pelas margens do córrego Bandeirantes, onde é considerada Área de Preservação Permanente e em 7,9433 hectares de área comum de pastagem.

Foi lavrado em desfavor do envolvido um auto de infração ambiental no valor de R$ 7.943,30, “por fazer uso de fogo em áreas agropastoris, em área correspondente a 7,9433 hectares, sem autorização do órgão competente”, e também um auto de infração ambiental no valor de R$ 30.648,70, “por dificultar a regeneração natural de demais formas de vegetação nativa, em área correspondente a 4,0865 hectares, em área de preservação permanente”,

As multas totalizaram R$ 38.592,00.

Ocorrência foi registrada pela Polícia Ambiental em Presidente Epitácio — Foto: Polícia Militar Ambiental
Ocorrência foi registrada pela Polícia Ambiental em Presidente Epitácio — Foto: Polícia Militar Ambiental

Fonte G1

Share this post

Back to Blog