Piquerobi: Jovem é presenteada com relíquia de 2º grau do beato Carlos Acutis


Voltar para Blog

Piquerobi: Jovem é presenteada com relíquia de 2º grau do beato Carlos Acutis

Uma das pessoas que se inspira no beato italiano Carlo Acutis, na região, é a jovem Graziela da Silva Santana, que pertence a Paróquia São Miguel Arcanjo, de Piquerobi. Recentemente, ela recebeu um fragmento da roupa do religioso, a qual a igreja considera como uma relíquia de 2° grau.

Receber o artefato, conforme conta, foi um misto de surpresa e felicidade, pois tinha enviado um e-mail à Associação Amigos de Carlo Acutis, na Itália, no começo de março e acabou se esquecendo da possibilidade de retorno. “A minha irmã abriu a caixa de correspondência e disse que tinha um envelope de Carlo Acutis com o meu nome. Quando eu abri, tinha um jornal sobre o beato e alguns papéis. Eis que quando eu peguei o jornal, um objeto caiu e, automaticamente, eu disse para a minha irmã – ‘é a relíquia de Carlo Acutis’”, relembra.

No entanto, outro desejo também estava no coração da jovem, presentear a relíquia a seu amigo irmão, Robson Xavier. “Com a relíquia em minhas mãos, eu vi que dentro do envelope tinha uma segunda. Fiquei muito feliz em receber e em presenteá-lo”, reforça. O artefato religioso é um fragmento da roupa de Carlo, a qual a igreja considera como uma relíquia de 2° grau – ex indumentis.

A beatificação de Carlo, segundo Graziela, traz a esperança de que os jovens também podem alcançar a santidade. Ela acredita que com o crescimento da devoção e as graças alcançadas pela intervenção de Carlo, ele será canonizado – confirmação final da Santa Sé para que um beato seja declarado santo – em breve, tendo em vista que já há milagres pela intercessão do italiano em investigação pelo Vaticano. O portal oficial da Santa Sé, inclusive, descreve que em tempo de redes sociais, Carlo dá uma lição de que a rede mundial de computadores deve ser espaço para divulgar o amor a Deus e promover a evangelização.

Exemplo de Carlo: a busca pela santidade

De acordo com Thiago Furtunato, conhecido por levar a “Boa Nova” na Diocese de Presidente Prudente, algumas paróquias da região fizeram vigílias eucarísticas, missa da juventude em ação de graças pela beatificação, bem como encontros com temas voltados para a vida e missão do beato. “Sinto no meu coração que ainda há muito a caminhar e divulgar essa graça, essa essência, essa história tão real em nosso meio”, reforça. O exemplo de Carlo, segundo ele, ajuda na busca pela santidade. “A busca pela santidade realmente não é fácil, mas acredito que se conquista com um passo de cada vez, e para isso é necessário buscar uma intimidade com Deus através da Eucaristia, assim como o beato fez durante sua vida”. 

Fonte O Imparcial

Compartilhe esta postagem

Voltar para Blog