Nuvem vermelha de poeira cobre cidades da região de Ribeirão Preto antes da chuva; veja


Voltar para Blog

Nuvem vermelha de poeira cobre cidades da região de Ribeirão Preto antes da chuva; veja

Fenômeno foi registrado por moradores de Ribeirão, Orlândia e Jardinópolis neste domingo (26). Segundo o CIIAGRO, de 15h às 17h, foram registrados 24,4 milímetros de chuva.

A chuva volumosa que atingiu Ribeirão Preto (SP) na tarde deste domingo (26) foi precedida de uma densa nuvem de poeira. Moradores de diferentes regiões da cidade registraram vídeos das partículas suspensas de terra cobrindo a cidade.

https://g1.globo.com/sp/ribeirao-preto-franca/video/ceu-fica-coberto-por-nuvem-de-poeira-antes-de-chuva-na-regiao-de-ribeirao-preto-9893795.ghtml

Imagens feitas dos bairros Guaporé, Lagoinha, Jardim Botânico e Nova Aliança mostram o movimento da poeira. Em Orlândia (SP), Jardinópolis (SP), Viradouro (SP) e Franca (SP), moradores também registraram a nuvem vermelha.

A estiagem prolongada contribuiu para a propagação de incêndios de grandes proporções que devastaram áreas de proteção ambiental e plantações, além de ter destruído moradias na zona rural e ter causado pelo menos duas mortes.

Muita água

Por volta das 15h, o céu escureceu dando indícios da chegada da chuva tão esperada na região. Segundo o Centro Integrado de Informações Meteorológicas (CIIAGRO), até as 17h, foram registrados 24,4 milímetros.

Desde julho, o volume de chuva não atingia a marca de 10 milímetros, índice considerado relevante pelos serviços de meteorologia.

Pela manhã, foram registradas pancadas isoladas que atingiram 0,3 milímetro, de acordo com o CIIAGRO. Embora tivesse sido baixa, a quantidade foi suficiente para melhorar a qualidade do ar, que alcançou índice bom, de acordo com a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb).

A formação de um sistema que conseguiu romper o bloqueio da massa de ar seco predominante na região há cerca de três meses possibilitou a formação de nuvens de chuva em toda a região.

Fonte: G1

Compartilhar esta postagem

Comentário (1)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar para Blog

APOIADO POR: