Manifestações de caminhoneiros são registradas no Oeste Paulista


Voltar para Blog

Manifestações de caminhoneiros são registradas no Oeste Paulista

Caminhoneiros iniciaram, na manhã desta quinta-feira (9), manifestações em rodovias do Oeste Paulista. Há registros de movimentações em, pelo menos, três cidades da região.

Na Rodovia General Euclides de Oliveira Figueiredo (SP-563), em Teodoro Sampaio (SP), a Polícia Militar Rodoviária informou que acompanha o ato. Conforme apurado no local pela TV Fronteira, as entradas de Teodoro Sampaio cidade foram fechadas.

O movimento é pacífico, mas os manifestantes não estão permitindo a passagem de caminhões com outras cargas não-perecíveis ou vazios, bem como de ônibus de indústrias e de usinas daquela região; esses transportes estão retornando para levar os trabalhadores para casa

Os manifestantes estão autorizando a passagem de caminhões com cargas perecíveis e de veículos de passeio.

Em Teodoro Sampaio, há manifestação no trevo da cidade com a SP-563 — Foto: Bill Paschoalotto/TV Fronteira
Em Teodoro Sampaio, há manifestação no trevo da cidade com a SP-563 — Foto: Bill Paschoalotto/TV Fronteira

Até as 7h30, aproximadamente 20 caminhões, 5 ônibus, 4 automóveis e 30 pessoas estavam parados nos canteiros e acostamentos do trevo da cidade com o km 0 da SP-563, segundo informou a corporação e o Departamento de Estrada de Rodagens (DER).

Em Presidente Prudente, na SP-270, há movimentação de caminhoneiros — Foto: João Martins/TV Fronteira
Em Presidente Prudente, na SP-270, há movimentação de caminhoneiros — Foto: João Martins/TV Fronteira

Em Teodoro Sampaio, manifestantes se reúnem no trevo da cidade com a SP-563 — Foto: Teodoro Notícias
Em Teodoro Sampaio, manifestantes se reúnem no trevo da cidade com a SP-563 — Foto: Teodoro Notícias

Também há movimentação de caminhoneiros às margens da Rodovia Raposo Tavares (SP-270), em Presidente Prudente (SP). Acompanham a situação equipes da Concessionária (Cart) e da Polícia Rodoviária.

O capitão Daniel Martins, da Polícia Rodoviária, garantiu que não haverá interrupção do tráfego de veículos no corredor da Rodovia Raposo Tavares. Ele disse que a corporação respeita o direito de manifesto, mas que esse direito não se sobrepor ao direito de ir e vir das pessoas.

Os caminhoneiros são a favor do governo do presidente Jair Bolsonaro e contra os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). A manifestação ocorre após os atos de 7 de Setembro, bloqueando estradas em vários estados.

Em Teodoro Sampaio, há manifestação no trevo da cidade com a SP-563 — Foto: Bill Paschoalotto/TV Fronteira
Em Teodoro Sampaio, há manifestação no trevo da cidade com a SP-563 — Foto: Bill Paschoalotto/TV Fronteira

Continuidade

A Polícia Rodoviária informou que caminhões seguem parados parados na Rodovia Raposo Tavares, numa área lindeira no perímetro de Santo Anastácio. Os veículos estão no local desde a última terça-feira (7).

Ao G1, a Cart Concessionária de Rodovias informou que caminhoneiros ocupam a faixa de domínio da SP-270 em:

  • Presidente Prudente, km 571
  • Santo Anastácio, km 597

Não há inferências nas pistas e o trânsito flui com normalidade, segundo a Cart.

Em Presidente Prudente, na SP-270, há movimentação de caminhoneiros — Foto: Emerson Sanchez/TV Fronteira
Em Presidente Prudente, na SP-270, há movimentação de caminhoneiros — Foto: Emerson Sanchez/TV Fronteira

Em Presidente Prudente, na SP-270, há movimentação de caminhoneiros — Foto: Emerson Sanchez/TV Fronteira
Em Presidente Prudente, na SP-270, há movimentação de caminhoneiros — Foto: Emerson Sanchez/TV Fronteira

Em Presidente Prudente, na SP-270, há movimentação de caminhoneiros — Foto: Emerson Sanchez/TV Fronteira
Em Presidente Prudente, na SP-270, há movimentação de caminhoneiros — Foto: Emerson Sanchez/TV Fronteira

Por G1 Presidente Prudente e TV Fronteira

Fonte G1.

Compartilhar esta postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar para Blog

APOIADO POR: