Licitação para construção do Museu Arqueológico e Histórico do Oeste Paulista é homologada


Voltar para Blog

Licitação para construção do Museu Arqueológico e Histórico do Oeste Paulista é homologada

Construtora de Prudente venceu certame que executará contrato de R$ 10,5 milhões; local será erguido em Epitácio e abrigará acervo de 11 mil peças encontradas em escavações na cidade

A construção do Mahop (Museu Arqueológico e Histórico do Oeste Paulista) será, de acordo com a Prefeitura de Presidente Epitácio, iniciada “em breve”, devido à homologação da licitação no dia 15 de maio, após anos de tratativas entre a administração municipal, o Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), Caixa Econômica Federal, Cesp (Companhia Energética de São Paulo), Unesp (Universidade Estadual Paulista) e outros. Sagrou-se vencedora do certame uma empresa de Presidente Prudente, que executará o contrato de R$ 10,5 milhões.

O Mahop já conta com um acervo de 11 mil peças, descobertas no Sítio Arqueológico Lagoa São Paulo – 02, em Epitácio. Disponibilizará ainda material oriundo de outras 38 escavações no oeste do Estado. O projeto prevê unir sustentabilidade, inovação e interatividade, preservando peças no local onde foram originalmente encontradas, possibilitando que os visitantes tenham a experiência de conhecer escavações reais. 

De acordo com a prefeita da Estância Turística de Epitácio, Cássia Regina Zaffani Furlan (PSDB), as tratativas para a construção do museu iniciaram em 2012, na gestão do então prefeito José Antônio Furlan. “Em 2017, ao assumir a administração, reativamos essa importante obra para o nosso município e que será de grande relevância pelo seu valor científico e cultural e para a preservação da história de toda a região oeste do Estado de São Paulo”, disse.

Atualmente, a maior parte do acervo está sob os cuidados da Unesp de Prudente. Quando inaugurado, o espaço poderá atrair pesquisadores de diferentes especialidades, além de servir para o desenvolvimento e formação de alunos da instituição e tornar-se um atrativo turístico que irá fomentar o turismo histórico de Epitácio.

A homologação do processo licitatório nº 035/2024/concorrência eletrônica nº 012/2024 concedeu a obra à proponente Construtora Guimarães Carvalho Ltda., sediada em Prudente. O contrato é no valor de R$ 10,5 milhões, sendo recursos oriundos do contrato de repasse nº 0460590-64/2023/Cesp/Caixa e recursos do Tesouro Municipal.

O projeto de construção do Mahop foi desenvolvido com base no trabalho de pesquisadores da Unesp dos campi: FCT (Faculdade de Ciências e Tecnologia), de Prudente, e FEC (Faculdade de Engenharia e Ciências), de Rosana.

Fonte: O Imparcial

Compartilhar esta postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar para Blog

APOIADO POR: