Lei reconhece modalidade cutiano como patrimônio histórico cultural e estabelece normas para rodeios


Voltar para Blog

Lei reconhece modalidade cutiano como patrimônio histórico cultural e estabelece normas para rodeios

Publicação no Diário Oficial Eletrônico de Presidente Prudente foi feita nesta quarta-feira (29) e a nova regra já está em vigor.

Foi publicada, nesta quarta-feira (29), no Diário Oficial Eletrônico de Presidente Prudente, a lei que reconhece a modalidade cutiano como patrimônio histórico do município e estabelece normas para a realização de rodeios.

O projeto de lei foi aprovado pela Câmara Municipal no dia 20 deste mês. Conforme a nova lei, o rodeio em cavalos na modalidade cutiano foi elevado como patrimônio histórico cultural no município.

Agora, as pessoas físicas ou jurídicas de direito privado que realizarem rodeio de animais em Prudente deverão incluir a modalidade cutiano.

“Para fins de aplicação desta Lei, considera-se rodeio cutiano a modalidade em que o competidor deve segurar a rédea com uma das mãos e deixar a outra libre, sem tocar em nada e, quando o cavalo sair do brete, a espora deve ser puxada da altura do pescoço para a alça do arreio, também acompanhando os pulos do cavalo e no tempo de oito segundos”, informa a lei nº 10.600/2021.

Para a realização de provas deverão ser observadas as disposições das leis estadual e federal.

A lei entrou em vigor no momento de sua publicação.

Fonte: G1

Compartilhar esta postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar para Blog

APOIADO POR: