Homem recebe multa de R$ 11 mil por manter em cativeiro macacos-prego e araras


Voltar para Blog

Homem recebe multa de R$ 11 mil por manter em cativeiro macacos-prego e araras

Situação foi flagrada pela Polícia Ambiental em Osvaldo Cruz (SP). Aves são de espécies ameaçadas de extinção, situação que eleva o valor da autuação.

A Polícia Militar Ambiental flagrou, nesta sexta-feira (20), macacos-prego e araras em cativeiro, sem autorização, e aplicou uma multa de R$ 11 mil em desfavor de um homem de 46 anos. Os animais silvestres estavam em um sítio em Osvaldo Cruz (SP).

Após receber informações sobre aves e animais silvestres em cativeiro, a Polícia Ambiental foi até um sítio da cidade. A equipe conversou com o proprietário que, ciente da denúncia, autorizou a vistoria na propriedade.

Durante a fiscalização os policiais constataram mantidos em viveiros:

2 Macacos-prego

1 Arara-canindé

1 Arara-vermelha

Ocorrência com arara-canindé em cativeiro, sem autorização, foi registrada em Osvaldo Cruz — Foto: Polícia Ambiental

Como o homem não possuía autorização para a criação dos animais, a polícia elaborou em desfavor do envolvido um Auto de Infração Ambiental no valor de R$ 11.000, com base no artigo 25 da Resolução SIMA-05/2021.

Por estarem domesticados e também pela falta de local adequado para a destinação, os animais permaneceram com o infrator até decisão da Justiça.

Conforme a polícia, as espécies de araras apreendidas estão ameaçadas de extinção, situação que eleva o valor da autuação para R$ 5.000 por ave.

Fonte: G1

Compartilhar esta postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar para Blog

APOIADO POR: