Homem acaba preso em flagrante após ameaçar e agredir ex-namorada em Flórida Paulista


Voltar para Blog

Homem acaba preso em flagrante após ameaçar e agredir ex-namorada em Flórida Paulista

Envolvido descumpriu medida protetiva e foi até a vítima, neste domingo (19). Ele ainda tentou fugir, mas foi contido pela Polícia Militar.

Um homem de 34 anos foi preso por violência doméstica, em Flórida Paulista (SP), em neste domingo (19). A vítima, de idade não divulgada, relatou à Polícia Militar que o homem a ameaçou e agrediu.

Com a chegada no local, a equipe da PM foi recebida por uma mulher que informou que seu ex-genro estava dentro da residência junto com sua filha, e que sua filha teria medida protetiva em desfavor do homem.

Depois, a vítima acrescentou aos policiais que o ex estava dentro da residência, onde a ameaçou e agrediu. A vítima também apresentou à corporação a medida protetiva.

Na ocasião, os militares conseguiram ver pelo vidro da janela uma pessoa correndo de um lado para outro dentro da residência. O homem abriu uma das janelas e tentou fugir. Ele recebeu ordem para que levantasse as mãos e permanecesse parado, mas não obedeceu e resistiu à abordagem.

A vítima declarou aos militares que estava na casa de sua mãe porque estava com medo de seu ex-namorado. Ela ainda relatou que estava deitada no sofá com seu filho de três anos, quando o homem a chamou. Ao perceber que não abriu a porta, ele começou a forçá-la, o que provocou danos.

Em seguida. O homem conseguiu abrir a porta da casa e a chamou. Com medo de ele fazer alguma coisa contra sua família, a mulher saiu da casa de sua mãe e foi com o ex para sua casa, que é ao lado.

Chegando em sua casa, o homem pegou no pescoço da vítima e começou a apertar, dizendo quanto tempo ela aguentaria viva. Na sequência, o envolvido viu a viatura chegando e disse à mulher para que ela deitasse na cama e não atendesse a PM, pois “não queria voltar para a cadeia”.

A perícia foi acionada ao local.

Os envolvidos foram conduzidos à Delegacia da Polícia Civil, onde o homem permaneceu preso e à disposição da Justiça pelos crimes de ameaça, agressão, resistência, dano, desobediência e violência doméstica.

Fonte: G1

Compartilhar esta postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar para Blog

APOIADO POR: