Fez transferência errada? É possível cancelar o PIX em alguns casos; veja


Voltar para Blog

Fez transferência errada? É possível cancelar o PIX em alguns casos; veja

Para cancelar o PIX, você pode entrar em contato com o Banco e pedir o uso do Mecanismo Especial de Devolução. – Foto: Marcello Casal Jr (Agência Brasil).

Sabia que há algumas formas para você cancelar o PIX e reaver a quantia transferida por engano? Segundo o Banco Central, em casos de fraude, erro operacional ou não reconhecimento da operação, é possível contestar o PIX usando o MED PIX. Veja abaixo como fazer.

Já em caso de transferências feitas de maneira errônea, é preciso entrar em contato o mais rápido possível com a pessoa que recebeu, adiantando o processo de devolução. Cancelar um PIX oficialmente ainda não é uma medida implementada pelo Banco Central (BC) brasileiro, mas há casos em que a situação pode ser revertida.

Transferências em que o dinheiro ainda não saiu da conta, como o PIX agendado, são passíveis de cancelamento.

Transações imediatas

Como o PIX é um método de pagamentos instantâneo, ou seja, as transações são concluídas em poucos segundos, fica difícil fazer o cancelamento.

Uma vez que a ordem de pagamentos no sistema do banco Central Inicia, ela fica considerada como irreversível.

Mas calma, que se você fez um PIX de maneira errada, nem tudo é o fim do mundo: dá pra conseguir esse dinheiro de volta!

PIX Agendado

O PIX Agendado é uma dos casos em que se pode cancelar a transação.

Como o valor não é enviado na hora, você consegue acessar o aplicativo do banco e, sem a necessidade de nenhum mecanismo especial, cancelar o agendamento.

Mecanismo Especial de Devolução (MED)

Caso você tenha sido vítima de fraude, roubo ou até mesmo falha na transição, é possível acionar o Mecanismo Especial de Devolução (MED).

O MED é uma ferramenta criada pelo Banco Central e que torna o PIX mais seguro, mas só pode ser aplicada nesses casos.

Veja o passo a passo para acionar o MED:

Assim que perceber que foi vítima de golpe, acione o banco e comunique;

Depois, o banco vai entrar em contato com a instituição que recebeu a transferência;

O valor fica congelado por 72 horas e o destinatário da conta que recebeu a quantia será notificado;

A partir das 72 horas, as instituições envolvidas farão uma análise do caso e dos documentos apresentados;

Essa análise tem o prazo de até 7 dias para ser finalizada. Depois, com o golpe confirmado, você recebe o dinheiro em até 96 horas.

Como não errar no PIX

Para não errar na hora de realizar o PIX e ter problemas em reaver o dinheiro, é sempre bom revisar os dados antes de efetivar as transferências.

Veja essas dicas que podem ajudar com isso!

Revise tudo: sempre revise, antes de cada envio, a quantia e a conta do destinatário. Isso pode evitar uma baita dor de cabeça. A maioria dos erros no PIX são causados por transferências com dados errados.

Só pague com links oficiais: nada de pagar boletos por meio de QR Code desconhecidos. Só aceite boletos e cobranças de fontes oficiais e por meio de links oficiais das instituições financeiras.

Use o app do banco: ao realizar uma transferência via PIX, usa apenas o aplicativo oficial da instituição bancária. Não abre links de internet, muito menos endereços enviados por WhatsApp ou e-mail. Esses sites podem roubar facilmente seus dados.

Fonte: Só Noticia Boa

Compartilhar esta postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar para Blog

APOIADO POR: