Em menos de 12h, Polícia Rodoviária registra três ocorrências de embriaguez ao volante na região de Presidente Prudente


Voltar para Blog

Em menos de 12h, Polícia Rodoviária registra três ocorrências de embriaguez ao volante na região de Presidente Prudente

Flagrantes ocorreram nas rodovias Assis Chateaubriand (SP-425), Comandante João Ribeiro de Barros (SP-294) e Raposo Tavares (SP-270).

A Polícia Militar Rodoviária registrou, em menos de 12 horas, três ocorrências de embriaguez ao volante em duas cidades do Oeste Paulista. Uma fiança de R$ 1,2 mil foi arbitrada para cada um dos motoristas envolvidos e dois deles não efetuaram o pagamento do valor e permaneceram presos.

Conforme especificado no artigo 306 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), será enquadrado em crime o motorista que apresentar “concentração igual ou superior a 0,30 mg/l de álcool por litro de ar alveolar”, ou seja, taxa medida sobre o ar que é expelido pelos pulmões.

Raposo Tavares

Em Presidente Prudente (SP), um motorista foi até a Base Operacional do policiamento rodoviário, no km 561,500 da Rodovia Raposo Tavares (SP-270), na tarde do domingo (5), para retirar sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) que havia sido recolhida devido a uma infração de trânsito, com base no artigo 165-A do CTB.

O artigo dispõe sobre o motorista se negar a ser “submetido a teste, exame clínico, perícia ou outro procedimento que permita certificar influência de álcool ou outra substância psicoativa”. A conduta é considerada uma infração gravíssima.

Devido ao motorista estar dirigindo o veículo, é necessário realizar o teste do bafômetro para a liberação da CNH. Ele realizou o teste, que apontou uma quantia de 0,88 miligrama de álcool por litro de ar alveolar.

O homem, que não teve a idade divulgada, foi preso em flagrante e conduzido para a Delegacia Participativa da Polícia Civil, onde uma fiança de R$ 1,2 mil foi paga.

O carro foi entregue a um motorista habilitado e que não havia ingerido bebida alcóolica.

Comandante João Ribeiro de Barros

Policiais rodoviários abordaram, na noite do domingo (5), um carro, com placas de Dracena (SP), no km 595,300 da Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP-294), em Adamantina (SP). Durante a vistoria, os policiais notaram que o motorista, um homem de 45 anos, apresentava sinais de embriaguez, como olhos avermelhados e odor etílico.

O homem realizou o teste do etilômetro, que resultou em 0,97 miligrama de álcool por litro de ar alveolar. Além disso, foi constatado que ele dirigia com a CNH vencida desde o ano de 2017.

O motorista foi preso em flagrante e conduzido para a Delegacia da Polícia Civil, onde uma fiança de R$ 1,2 mil foi arbitrada. Ele não realizou o pagamento e permaneceu à disposição da Justiça, aguardando a audiência de custódia.

O carro foi apreendido e encaminhado ao pátio de recolhimento de veículos.

Assis Chateaubriand

No km 458 da Rodovia Assis Chateaubriand (SP-425), em Presidente Prudente, a Polícia Rodoviária avistou uma caminhonete trafegando em alta velocidade e emitiu sinal de parada ao motorista. No entanto, ele desobedeceu à ordem e tentou fugir da fiscalização, na madrugada desta segunda-feira (6).

Com o apoio de outras viaturas, o veículo foi abordado alguns quilômetros à frente. O condutor, um homem de 22 anos, foi submetido ao teste do etilômetro, que resultou em 0,71 miligrama de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões.

Ele foi preso em flagrante e conduzido para a Delegacia da Polícia Civil, onde uma fiança de R$ 1,2 mil foi arbitrada.

O condutor não pagou a fiança e permaneceu à disposição da Justiça. Além disso, o rapaz não possuía CNH.

Fonte: G1

Compartilhar esta postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar para Blog

APOIADO POR: