Com mais duas mortes, Presidente Prudente atinge 270 óbitos causados pela Covid-19


Voltar para Blog

Com mais duas mortes, Presidente Prudente atinge 270 óbitos causados pela Covid-19

Presidente Prudente registrou nesta quinta-feira (4) mais duas mortes causadas pela Covid-19. Agora, a cidade contabiliza 270 óbitos pela doença.

As vítimas foram dois homens, de 86 e 88 anos. O primeiro testou positivo para a doença no dia 22 de fevereiro e faleceu no último sábado (27), mas só nesta quinta-feira foi inserido nos dados oficiais. Já o segundo foi positivado no dia 23 de fevereiro e morreu nesta quarta-feira (3), após o fechamento do boletim.

Há ainda uma morte suspeita, de uma mulher de 72 anos, que faleceu nesta quarta-feira e aguarda resultado de exames.

A Vigilância Epidemiológica Municipal (VEM) recebeu mais dez resultados positivos e as confirmações subiram para 13.555. Segundo a Prefeitura, devido a instabilidade no sistema e-SUS, de responsabilidade do governo Federal, os dados de casos e notificações ficaram comprometidos. Assim que o sistema for normalizado, os números serão atualizados, conforme o Poder Executivo.

Os novos casos positivos foram registrados em cinco homens e cinco mulheres, nas seguintes faixas etárias: quatro entre 40 e 49 anos, três entre 50 e 59, um de 70 a 79, um de 80 a 89 e outro de 90 anos ou mais.

O boletim oficial, atualizado às 16h53, aponta que 112 pessoas estão hospitalizadas, 48 delas em Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A taxa de ocupação de leitos de UTI está em 95,6%, enquanto a taxa de leitos de enfermaria está em 89,6%, considerando toda a região do Departamento Regional de Saúde (DRS-11).

Presidente Prudente tem 49.714 notificações de Covid-19, sendo que 33.897 já foram descartadas. Além disso, 149 exames aguardam resultados por parte dos laboratórios e 2.262 esperam encerramento de fichas no sistema.

Fonte G1.

Compartilhar esta postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar para Blog

APOIADO POR: