Assaltante acaba preso em flagrante após invadir residência e render moradora e faxineira em Presidente Prudente


Voltar para Blog

Assaltante acaba preso em flagrante após invadir residência e render moradora e faxineira em Presidente Prudente

Policiais militares recuperaram semijoias avaliadas em R$ 4 mil, R$ 360 em dinheiro, um celular, um relógio de pulso feminino e um controle de alarme de segurança que haviam sido roubados da casa, no Parque São Matheus, nesta quinta-feira (2).

A Polícia Militar prendeu em flagrante um homem, de 44 anos, suspeito de ter assaltado nesta quinta-feira (2) uma residência localizada no Parque São Matheus, em Presidente Prudente (SP). Com ele, foram apreendidos e recuperados semijoias avaliadas em R$ 4 mil, R$ 360 em dinheiro, um celular, um relógio de pulso feminino e um controle de alarme de segurança que haviam sido roubados da casa.

As vítimas do crime foram duas mulheres que estavam no local no momento em que o assaltante invadiu o imóvel, ou seja, a moradora, de 76 anos, e a faxineira diarista, de 60 anos.

De acordo com o Boletim de Ocorrência registrado na Delegacia Participativa da Polícia Civil, a moradora contou que estava na cozinha de sua residência, quando repentinamente foi abordada por um homem que anunciou o assalto. Ele exigiu que a idosa ficasse quieta e lhe entregasse logo “todo o dinheiro”.

A mulher ficou muito nervosa com aquela situação e deu um grito, o que levou o assaltante a empurrá-la e a derrubá-la no chão. Com a queda, a idosa machucou seu antebraço direito.

O bandido cobria a cabeça e parte do rosto com uma camiseta escura, mas a vítima conseguiu ver alguns detalhes das características dele, especialmente a cor da pele branca e os olhos azuis.

Na sequência, segundo o Boletim de Ocorrência, apareceu na cozinha a faxineira diarista da residência. Assim que a viu, o ladrão partiu para cima da funcionária, gritando para que também ficasse quieta e dissesse onde estava o dinheiro.

A moradora levantou-se do chão e foi depressa para seu quarto, na tentativa de pegar o celular e ligar para o telefone 190, da Polícia Militar.

No entanto, o criminoso percebeu a movimentação da vítima, razão pela qual deixou a diarista e seguiu novamente em direção da moradora. Assim que ele chegou ao quarto, a idosa colocou o celular no chão e sentou-se sobre o aparelho, mas o assaltante percebeu e a empurrou, conseguindo pegar o equipamento.

O assaltante abriu a gaveta do criado-mudo, que estava ao lado da cama, e achou todas as semijoias e o relógio.

Como o bandido a intimidava e gritava que queria dinheiro, a moradora, assustada e temerosa, entregou-lhe R$ 360 que estavam dentro de um estojo preto.

Na sequência, o criminoso foi embora.

Uma pessoa que trabalhava em uma construção próxima à casa assaltada notou todo o crime e acionou a polícia.

Pouco tempo depois, os policiais militares conseguiram pegar o suspeito, que fugia pela rua com todos os itens roubados em uma sacola.

Na Delegacia da Polícia Civil, a moradora reconheceu como de sua propriedade todos os objetos que estavam em poder do assaltante e os recebeu de volta.

Além disso, a mulher também reconheceu o suspeito detido como o autor do roubo.

Ainda de acordo com o Boletim de Ocorrência, o indiciado assumiu a prática do assalto e confessou que cometeu o crime para conseguir dinheiro para fazer uso de drogas.

Como forma de garantir a ordem pública e a aplicação da lei penal, a Polícia Civil representou à Justiça pela conversão da prisão em flagrante do indiciado em prisão preventiva.

Fonte: G1

Compartilhar esta postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar para Blog

APOIADO POR: