Após três dias internado, vítima de batida entre carreta e perua em rodovia morre no HR, em Prudente


Voltar para Blog

Após três dias internado, vítima de batida entre carreta e perua em rodovia morre no HR, em Prudente

O homem de 39 anos que havia sido vítima de um acidente de trânsito em Martinópolis (SP) na última terça-feira (13) morreu na madrugada desta quinta-feira (15), após três dias de internação, no Hospital Regional (HR), em Presidente Prudente (SP).

Evandro Barbosa da Silva foi a terceira vítima fatal decorrente da colisão que envolveu uma carreta e uma perua na Rodovia Prefeito Homero Severo Lins (SP-284). Outros dois rapazes, de 20 e 21 anos, haviam morrido no local do acidente.

Segundo o HR, o paciente de 39 anos esteve sob os cuidados da equipe médica e multiprofissional desde a última terça-feira (13), porém, devido à gravidade do seu quadro clínico, faleceu às 2h30 desta quinta-feira (15). Silva havia sido socorrido e levado ao HR em estado considerado gravíssimo.

Uma menina de 10 anos, que também ficou ferida no acidente, continua internada no HR e, segundo a instituição, o seu estado de saúde é considerado estável.

Todas as sete vítimas do acidente eram moradoras de Martinópolis e ocupantes da perua. Três homens morreram e outras quatro pessoas – três homens e uma menina – ficaram feridas. Apenas a criança continua hospitalizada.

O acidente
Conforme informações da Polícia Militar Rodoviária, por motivos ainda desconhecidos, houve uma colisão entre uma carreta e uma perua, que capotou e pegou fogo no local.

Segundo a polícia, o motorista que dirigia a carreta bateu na traseira da perua. A colisão, também de acordo com a corporação, fez com que o condutor da perua perdesse o controle da direção e saísse da pista, batendo em uma árvore na lateral. A perua ainda capotou e pegou fogo na sequência, conforme a polícia.

Os dois veículos seguiam no sentido leste da rodovia, ou seja, Martinópolis–Rancharia (SP), quando houve a batida, na altura do km 541,100.

De acordo com o capitão Erlon Augusto Pavesi, do Corpo de Bombeiros, a perua levava trabalhadores para uma usina de cana-de-açúcar e estava ocupada por seis adultos e uma criança.

Equipes da Polícia Militar Rodoviária, do Corpo de Bombeiros e da Concessionária Eixo-SP, empresa responsável pela rodovia, foram acionadas para o atendimento da ocorrência.

O motorista de 50 anos, que dirigia a carreta, não se feriu. Ele, que é morador de Itaporã (MS), foi submetido ao teste do bafômetro, que não apontou o consumo de bebida alcoólica.

Acidente entre perua e caminhão deixou vítimas fatais na SP-284 — Foto: João Martins/TV Fronteira

Fonte G1

Compartilhar esta postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar para Blog

APOIADO POR: