Após se passar por membros de entidades e fazer convite para oração, trio aproveita vítimas de olhos fechados e pratica furtos


Voltar para Blog

Após se passar por membros de entidades e fazer convite para oração, trio aproveita vítimas de olhos fechados e pratica furtos

Grupo criminoso subtraía objetos durante as rezas, em Pirapozinho, até que uma testemunha percebeu quando um celular foi escondido e acionou a Polícia Militar. Suspeitos foram presos.

Três pessoas foram presas por furto, em Pirapozinho (SP), nesta quinta-feira (26). Após se passar por membros de entidades e fazer um convite para oração, o grupo criminoso se aproveitava da distração das vítimas para subtrair objetos.

O Centro de Operações da Polícia Militar (Copom) informou as equipes de serviço sobre três indivíduos em atitude suspeita pelo comércio. Sobre a ação do trio, foi narrado que os homens entravam nos estabelecimentos e se apresentavam como membros de casas de recuperação de usuários químicos.

Depois, o grupo pedia doações e convidava os proprietários para a realização de orações. Neste momento, quando as vítimas ficavam de olhos fechados para rezar, os criminosos começavam praticar furtos.

Com a informação, a equipe foi até um estabelecimento comercial e contatou uma testemunha. A pessoa disse ter presenciado quando um suspeito, que vestia camisa de cor vermelha, escondia algo na cintura. Ao verificar o que era, foi localizado o celular da proprietária do comércio. A testemunha ainda disse que tal indivíduo juntou-se a um casal, que lhe dava “cobertura”.

Rapidamente a testemunha acionou a Polícia Militar, por meio do telefone 190, e as equipes intensificaram as buscas, que resultaram na localização de pessoas com as características informadas na denúncia.

Os suspeitos foram abordados e, em conversa com os policiais, acabaram por confessar a prática de furto após se aproveitar da distração e confiança da vítima.

Dois homens e uma mulher receberam voz de prisão e foram conduzidos à Delegacia da Polícia Civil.

Já o aparelho celular foi localizado e restituído à vítima.

Fonte: G1

Compartilhar esta postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar para Blog

APOIADO POR: