Após 17 dias, homem encontrado morto com mais de R$ 2 mil em Regente Feijó ainda não foi identificado


Voltar para Blog

Após 17 dias, homem encontrado morto com mais de R$ 2 mil em Regente Feijó ainda não foi identificado

Polícia Civil expediu requisições de confronto de impressões digitais para quatro estados do Brasil. Corpo estava em um posto de combustíveis desativado às margens da Rodovia Raposo Tavares.

Após 17 dias, o homem encontrado morto com mais de R$ 2 mil em um posto de combustíveis desativado, em Regente Feijó (SP), ainda não foi identificado.

O delegado Airton Roberto Guelfi informou ao g1 na noite desta terça-feira (14) que a Polícia Civil expediu requisições para quatro estados vizinhos solicitando confronto a partir das impressões digitais coletadas.

Ainda não houve resposta positiva sobre a identificação do homem e a polícia aguarda informações de outros estados.

Conforme o delegado, as investigações continuam, em especial, com o cruzamento de dados de desaparecidos, localidades, entre outros parâmetros.

O laudo necroscópico ainda não foi concluído, segundo Guelfi.

Fonte: G1

Compartilhar esta postagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar para Blog

APOIADO POR: