‘Acredito que nós estaremos de volta à fase amarela’, afirma prefeito de Presidente Prudente sobre atualização do Plano São Paulo


Back to Blog

‘Acredito que nós estaremos de volta à fase amarela’, afirma prefeito de Presidente Prudente sobre atualização do Plano São Paulo

Ed Thomas (PSB) concedeu entrevista exclusiva ao G1 e à TV Fronteira.

Em entrevista exclusiva ao G1 e à TV Fronteira, o novo prefeito de Presidente Prudente, Ed Thomas (PSB), afirmou que tem uma expectativa positiva quanto à evolução do Oeste Paulista na atualização do Plano São Paulo que o governo do Estado fará nesta sexta-feira (8). Desde a última atualização, em 22 de dezembro do ano passado, os 45 municípios vinculados ao Departamento Regional de Saúde (DRS) de Presidente Prudente estão na fase vermelha, que é a mais restritiva do programa estadual de enfrentamento da pandemia da Covid-19, inclusive, com a proibição de funcionamento de atividades econômicas consideradas “não essenciais”.

Ed Thomas acredita que a região de Presidente Prudente voltará nesta sexta-feira (8) à fase amarela, que é mais flexível e permite o funcionamento menos restritivo de atividades econômicas, como o comércio.

“Eu creio que tem, sim, condição [de sair da fase vermelha]. Até a falta de condições de leitos não foi provocada simplesmente pelas aglomerações, que também aconteceram, lógico que aconteceram, mas a retirada de leitos, que estão de volta. Esses leitos estão de volta. Mas são necessários mais leitos no HR [Hospital Regional]. Tive conversa com o [promotor de Justiça] doutor Marcelo Creste e também com o hospital HR. É necessário mais. Prudente precisa de mais. Sempre necessitou de mais. O começo da pandemia foi no mês de março. Desde então, veio nossa cobrança. Estávamos como deputado ainda. Respiradores chegaram realmente com atrasos, com problemas. Então, a gente vem enfrentando muitas e muitas dificuldades. E uma cobrança diária do governo. Mas eu acredito, sim, que nós estaremos de volta à fase amarela”, afirmou Ed Thomas.

olução ou decréscimo, na fase laranja, até conseguir passar para a etapa amarela no dia 4 de setembro. No entanto, em 22 de dezembro, o DRS de Presidente Prudente recuou para a fase vermelha, a mais restritiva do Plano São Paulo.

Ainda na entrevista ao G1 e à TV Fronteira, Ed Thomas falou sobre outros temas que envolvem a administração municipal, como o transporte coletivo urbano, as obras de reforma do Camelódromo localizado na Praça da Bandeira, a possibilidade de retomada de aulas presenciais nas escolas da cidade e as enchentes no Parque do Povo.

Edson Tomazini, nome de batismo de Ed Thomas, nasceu em Santo Anastácio e tem 57 anos. Ele fez carreira profissional como radialista e foi vereador em Presidente Prudente por dois mandatos, entre 2001 e 2007. Entre 2005 e 2006, Ed Thomas exerceu o cargo de presidente da Câmara Municipal. Em 2006, ele se elegeu deputado estadual, cargo que continuou a ocupar até o fim de 2020, no quarto mandato consecutivo.

Em 2020, foi a segunda vez em que Ed Thomas disputou o cargo de prefeito de Presidente Prudente. Na primeira, em 2008, ele ficou em segundo lugar, com 49.020 votos (43,39% dos votos válidos), atrás de Milton Carlos de Mello “Tupã”, que venceu aquele pleito então pelo PTB, com 52.691 votos (46,64% dos votos válidos).

Ed Thomas e o vice-prefeito Izaque José da Silva (PATRIOTA) formaram a coligação “Força Prudente”, que também teve o PSC e o PP como legendas integrantes, e ganharam as eleições municipais de 2020 com 37.304 votos (34,33% dos votos válidos).

O orçamento de Presidente Prudente para o ano de 2021 está estimado no valor de R$ 802.109.179,00.

Fonte: G1

Share this post

Back to Blog